Os benefícios do exercício físico e a doença de Parkinson

A doença de Parkinson é uma enfermidade neurológica degenerativa, crônica e progressiva desencadeada pela perda de neurônios do Sistema Nervoso Central numa região do cérebro conhecida como substância negra.

Esses neurônios produzem um importante neurotransmissor chamado dopamina responsável, principalmente, pelo controle dos movimentos.

Em 2015, Balsanelli e Teixeira-Arroyo publicaram uma revisão bibliográfica realizando buscas em base de dados especializados sobre o tema entre os anos 2000 e 2013.

Nos 16 artigos encontrados, observaram que diferentes proposições de exercícios físicos contribuiram significativamente para redução dos sintomas, da dificuldade motora e cognitiva, destacando o aumento na velocidade e no comprimento da passada, na mobilidade funcional, na força e na autonomia para realização das atividades da vida diária – AVD aos portadores da enfermidade.

Fonte:

Publicado por Cadu Perruci Faria

Professor de Educação Física, promotor do movimento consciente e da corrida natural.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: