Velocidade X Cadência

Para que sua performance na corrida evolua devemos levar em conta dois fatores primários: a melhora da sua condição física e o aprimoramento da sua técnica e da sua postura enquanto corre. Deixando de lado os métodos e estratégias para melhora da condição física, focaremos na técnica e na postura de corrida. Muito se falaContinuar lendo “Velocidade X Cadência”

Faça a escolha certa

Existem tênis de corrida para todos os gostos, tipos de piso e de passada. A escolha do seu tênis deve ser feita com uma análise criteriosa e os pontos a serem levados em conta estão bem distantes do que é preconizado pelos fabricantes em geral. O American College of Sports Medicine publicou em 2014 um guiaContinuar lendo “Faça a escolha certa”

Canelite

A Síndrome do Estresse Tibial Medial – SETM, vulgarmente conhecida como ‘canelite’, é uma lesão típica por overuse, que acomete cerca de 14% dos corredores. Consiste de uma inflamação da tíbia, dos tendões e/ou músculos que se encontram adjacentes a esse osso, podendo evoluir para uma fratura por estresse. Existem evidências que seu surgimento éContinuar lendo “Canelite”

Internalização do gesto técnico

Um tema que sempre me fascinou enquanto estava na universidade era a biomecânica do movimento humano, ou seja, a física aplicada ao movimento. Alavancas, pontos de apoio e de aplicação da força. Mudanças sutis que contribuem para melhora da eficiência do gesto motor. Enquanto corredor, sempre me interessei em como tornar a corrida mais eficienteContinuar lendo “Internalização do gesto técnico”

Treino de corrida: o som da sua passada…

No primeiro dia de 2013, Matt Fitzgerald, colunista da Triathlete Europe, publicou um artigo citando a pesquisa desenvolvida pela diretora do Spaulding National Running Center, Irene Davis, uma das pioneiras no estudo sobre aspectos biomecânicos da corrida. Seu trabalho consiste em estimular mudanças específicas na mecânica da corrida que corrijam características associadas a elevados riscos de lesão. DuranteContinuar lendo “Treino de corrida: o som da sua passada…”